rádio enlace profissional

Rádio Enlace Profissional -Detalhes Importantes! Deixe um comentário

Rádio Enlace Profissional – tudo que você precisa saber!

As empresas de telecomunicação precisam continuar se renovando e investindo em tecnologias cada vez mais avançadas para acompanhar a evolução das necessidades e dos ambientes em que operam. O rádio enlace profissional é uma das soluções amplamente utilizadas, e quando fornecido por uma empresa especializada em comunicação wireless, traz grandes benefícios aos usuários.

Para você entender melhor como o Rádio Enlace funciona, separamos as informações mais relevantes, de forma a explicar o funcionamento, a instalação, os requisitos para trabalhar com a tecnologia e suas vantagens.

O que é o rádio enlace profissional?

Quando o assunto é comunicação, uma das soluções mais eficientes é o Rádio Enlace Profissional. Apesar de tecnologias como a fibra óptica já serem bastante utilizadas por empresas de telecomunicação, o rádio enlace continua sendo amplamente usado, já que ainda proporciona a melhor viabilidade técnica em muitas situações.

Claro, em uma realidade perfeita, a fibra óptica seria o enlace ideal para o fornecimento de soluções de telecomunicação. Porém, questões demográficas e de relevo se mostram como os principais obstáculos que impedem a utilização dessa tecnologia. Além disso, a fibra óptica é uma solução cuja instalação se mostra mais complexa, já que sua estrutura é mais sofisticada. Por isso, ainda vale muito a pena investir no rádio enlace, visto que a infraestrutura para seu uso é consideravelmente mais econômica.

Ainda assim, é preciso cumprir alguns requisitos e tomar precauções, como você poderá entender mais adiante!

A definição do enlace é bem simples: temos pontos fixos na superfície do planeta. Estes pontos são estações, por onde as informações transitam. O enlace é justamente o sistema de comunicação usado por essas estações, permitindo que dados sejam enviados de um ponto a outro.

Então, podemos entender que o rádio enlace profissional é um meio de transmissão que usa ondas eletromagnéticas para realizar a comunicação entre antenas transmissoras e receptoras.

Rádio e Fibra – é possível combinar?

Enquanto muitos inevitavelmente comparam a fibra ao rádio enlace, sugerimos adotar uma visão diferente, a de combinar tecnologias em prol da qualidade dos seus serviços!

Que a Fibra Óptica é uma solução mais avançada que o Rádio Enlace, você já sabe. Mas, o que talvez não saiba é que, ao invés de simplesmente substituir sua estrutura de transmissão por uma tecnologia mais moderna, pode combinar ambas. As empresas de telefonia, provedores de internet e demais usuários do rádio enlace já trabalham com a estrutura mista, oferecendo a fibra óptica para regiões onde sua instalação é possível e trabalhando com as torres de rádio onde o uso da fibra é inviável.

Como funciona?

A transmissão acontece através de ondas eletromagnéticas, que são emitidas por um transmissor e recebidas por um receptor. Com o arranjo de antenas, o sinal é direcionado, amplificado e transmitido. As ondas se interceptam e os sinais eletromagnéticos são convertidos em sinais elétricos, e vice-versa.

Então, podemos entender que o seu funcionamento se dá na propagação dessas ondas entre os pontos de transmissão e recepção com modulação e demodulação. A capacidade da comunicação depende da distância e do link de dados.

Como instalar o rádio enlace profissional?

Instalar o rádio enlace profissional requer três componentes:

  • Equipamentos de Rádio;
  • Antenas;
  • Estações Repetidoras.

Os equipamentos de rádio cuidam do tratamento do sinal, das funções de processamento, da modulação e multiplexação.

Para isso, consideramos dois tipos de equipamentos de rádio: o Rádio Enlace Digital e o Rádio Spread Spectrum.

O Rádio Enlace Digital possui taxa de 2 Mbit/s a 400 Mbit/s. Esse tipo de equipamento é ideal para configurações de ponto a ponto e faixas de frequência com licença para uso. É uma tecnologia bastante viável para comunicações a longa distância e se mostram imunes a interferências.

Já o Rádio Spread Spectrum alcança um espectro maior de frequências em faixas, sem que seja necessário possuir licença para o uso. Pode ser usado ponto a ponto ou ponto multiponto e suas taxas ficam entre 64 kbit/s a 15 Mbit/s. O seu alcance é médio e o preço consideravelmente acessível, mas acaba sendo mais suscetível a interferências.

As antenas fazem sua parte, transmitindo e recebendo sinais eletromagnéticos que, por sua vez, são gerados pelo Rádio Enlace. Já as estações repetidoras amplificam e redirecionam o sinal, podendo ser classificados como ativos ou passivos.

Já a instalação da estação de uma estação de rádio pode ser interna, com os equipamentos dentro de um ambiente e a antena do lado de fora.

Se a instalação for externa, os equipamentos são armazenados em um gabinete externo e são conectados aos equipamentos auxiliares internos através de cabos de banda base.

Por fim, a instalação mista divide os equipamentos de rádio em unidades externas (ODU), que são compostas por radiofrequência (RFU) e em unidades internas (IDU), compostas pelo modulador e demodulador (MODEM), banda base e multiplex. São interligadas através do multicabo e opera em frequência intermediária (FI).

O Rádio Enlace Digital normalmente apresenta equipamentos que envolvem bridges ethernet.

Quais são os requisitos para instalação?

  • Autorização da Anatel;
  • Análise da finalidade, da localização, distância, visada e frequências;
  • Infraestrutura necessária para instalar equipamentos de rádio e antenas, contando com sistema de energia e aterramento;
  • É preciso definir a quantidade de rádios base e repetidores necessários.
  • Será necessário entender a capacidade de distância do link através da frequência e quantidade de dados;
  • Definir a viabilidade básica;
  • Realizar testes e validar o enlace de dados;
  • Implantar equipamentos redundantes e monitorá-los através de sistemas de gerenciamento.

Por que trabalhar com rádio enlace profissional?

Porque essa ainda é a maneira mais viável e econômica para trabalhar com transmissão de informações de telefonia, internet e TV. A fibra óptica, apesar de trazer ainda mais benefícios, não é facilmente implantada e pode encontrar obstáculos demográficos e de relevo.

Porém, vale destacar que a instalação deve seguir orientações profissionais, a fim de evitar problemas futuros. A manutenção das torres e demais equipamentos de rádio enlace pode custar bastante à empresa de telecomunicação. Por isso, é ideal garantir que toda a estrutura seja devidamente instalada e esteja em pleno funcionamento. Do contrário, você terá custos para enviar uma equipe de campo e realizar os ajustes necessários.

Além disso, uma instalação incorreta pode trazer múltiplas falhas na cobertura de sinal e problemas para sua empresa ou mesmo os clientes, algo que pode prejudicar a imagem do negócio de forma permanente e reduzir sua confiabilidade na prestação de serviços.

Quais empresas trabalham com rádio enlace profissional?

Uma gama de empresas no segmento de telecomunicações utiliza o rádio enlace profissional por conta das vantagens apresentadas. Assim, a amplitude do alcance e os custos de implantação possibilitam uma cobertura de sinal considerável, atendendo as mais diversas regiões do país sem maiores obstáculos demográficos ou de relevo.

O rádio enlace profissional é usado por:

  • Em primeiro lugar, rede de transporte de operadoras de telefonia fixa e móvel;
  • Em seguida, redes de dados e implantação de acesso;
  • Posteriormente, redes de distribuição de sinal de TV;
  • E por fim, provedores de Internet.

Além disso, grandes emissoras de TV digital também fazem uso das tecnologias de rádio enlace para transmissão de dados.

Conheça a Wi2be, uma empresa especializada em tecnologia de rádio enlace profissional

Há mais de uma década, a Wi2be desenvolve soluções de alta tecnologia para a comunicação wireless e transmissão de dados de alta performance, com todo o suporte e garantia que você precisa para prestar seus serviços de maneira impecável.

Para isso, a Wi2be oferece duas linhas de produtos que cobrem suas necessidades.

  • Rádio PTP Dumont: esta linha de rádio enlace digital ponto a ponto é full outdoor e entrega até 2.8Gbps em até 100km. Além disso, O rádio não precisa de cabos e utiliza apenas uma antena, operando em frequências de 6,5GHZ a até 8.0GHZ. Assim, o PTP Dumon é equipado com circuitos integrados da Maxlinear, OMT integrada e switch incorporado, transmitindo com capacidade similar a de 4 rádios 1+0 com apenas 2 canais de RF com a operação co-canal com correção XPIC.
  • Rádio PTP Smart HP Turbo: Esta linha é ideal para quem precisa de transporte e redundância intramunicipal. Conta com três níveis de proteção contra surto, baixo custo de operação e maior cobertura de frequência e distância. A capacidade de até 477Mbps Full-duplex com HAACM e modulações de QPSK a 1024QAM cobre as necessidades mais amplas. Além disso, os equipamentos contam com sincronismo de rede com SyncE e prioridade de tráfego por Quality of Service e VLAN.

Equipamentos Wi2be

Vale destacar que os equipamentos oferecidos pela Wi2be cobrem as necessidades de instalação, ou seja, sem que seja preciso realizar grandes investimentos para adquirir componentes adicionais. Assim, o kit é completo e você recebe todo o suporte que precisa para ter uma estrutura de rádio enlace profissional confiável, segura e altamente tecnológica.

Portanto, seja para planejar a expansão da cobertura dos seus serviços, iniciar operações, modernizar estações ou adquirir novos equipamentos, conte com a Wi2be. Nossos especialistas estão a postos para colaborar com você e oferecer as informações mais relevantes para te ajudar a entender suas necessidades, possibilidades de instalação e sugerir os equipamentos que mais combinam com seu trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *